Fotografias ajudando a divulgar ciências e democratizar o acesso às informações e ao conhecimento.

terça-feira, 4 de agosto de 2015

Mindinho

É só estender o dedo mindinho e repetir: “mindim,mindim, mindim” e a mosca das flores pousará sobre o dedo. É assim que muita gente atrai essa díptera da família dos sirfídeos que são caracterizados por apresentar somente duas asas (dípteros). Eles são característicos pela capacidade de “voo helicóptero”, isto é, a capacidade de permanecer no ar, quase sem se deslocarem. São muito importante nos agroecossistemas, pois suas larvas são predadoras de pulgões, ácaros e cochonilhas. Após a metamorfose, já adultos, se alimentam de néctar e pólen, sendo assim importantes polinizadores.

O registro foi feito pelo aluno LUCIANO SKITER DELMONDES para a Atividade Curricular de Integração Ensino, Pesquisa e Extensão (ACIEPE) intitulada Fotografia e Ciências: introdução às técnicas fotográficas e aplicações na divulgação científica, realizada entre março e junho de 2015, na UFSCar Campus Araras. A atividade contou com o apoio da Pró-Reitoria de Extensão.

Destaque

Lepdoptera

As borboletas pertencem à ordem Lepdoptera que possui cerca de 150.000 espécies, sendo a segunda maior ordem de insetos. Esses insetos p...

Confira os posts mais visitados