Pular para o conteúdo principal

Nascimento

Nascimento de uma serpente corn snake albina, uma das serpentes mais criadas no mundo em cativeiro, espécie originária dos EUA , atualmente existe mais de 50 cores e diversos padrões de desenho.

A imagem é de José do Egito Maracajá Jr. e foi cedida para a III Exposição Fotografia & Ciências, realizada na UFSCar Campus Araras no 2 Semestre de 2016.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mindinho

É só estender o dedo mindinho e repetir: “mindim,mindim, mindim” e a mosca das flores pousará sobre o dedo. É assim que muita gente atrai essa díptera da família dos sirfídeos que são caracterizados por apresentar somente duas asas (dípteros). Eles são característicos pela capacidade de “voo helicóptero”, isto é, a capacidade de permanecer no ar, quase sem se deslocarem. São muito importante nos agroecossistemas, pois suas larvas são predadoras de pulgões, ácaros e cochonilhas. Após a metamorfose, já adultos, se alimentam de néctar e pólen, sendo assim importantes polinizadores.

O registro foi feito pelo aluno LUCIANO SKITER DELMONDES para a Atividade Curricular de Integração Ensino, Pesquisa e Extensão (ACIEPE) intitulada Fotografia e Ciências: introdução às técnicas fotográficas e aplicações na divulgação científica, realizada entre março e junho de 2015, na UFSCar Campus Araras. A atividade contou com o apoio da Pró-Reitoria de Extensão.

Ninfa de percevejo

O inseto da foto se trata de uma ninfa de percevejo, pertencente à ordem hemíptera. Esta ordem é dividida em mais 3 subordens, dentre elas a subordem heteroptera que engloba todos os percevejos, barbeiros e baratas-d’água. Os percevejos se destacam por serem encontrados em todos os lugares do mundo e pelos danos econômicos envolvidos na agricultura, já que grande parte destes insetos são fitófagos. Porém, outros são predadores e agem como inimigos naturais nos ecossistemas, evidenciando a sua importância para o equilíbrio de populações.

A imagem é de Ana Carolina Nicolau de Carvalho, cedida para a II Exposição Fotografia & Ciências.

Coala

O coala (Phascolarctos cinereus) é um mamífero marsupial da família phascolarctidae endêmico da Austrália. O coala tem a cabeça pequena, os olhos bem separados e o focinho curto. Tanto os membros posteriores como os anteriores possuem cinco dedos. O polegar das patas posteriores é bastante pequeno, os outros dedos são fortes e tem garras alongadas. A sua pelagem é sedosa e densa, tem um papel importante na regulação térmica do animal. O coala é bastante abstêmio, mata a sede com apenas o suco oleoso das folhas de eucalipto, praticamente o único vegetal que come. Estes marsupiais encontram-se em via de extinção. Atualmente, existem cerca 80 mil coalas vivos.
Foto de Léo Brito, em Wild Life Sydney Zoo https://instagram.com/leo.leobrito?igshid=rohn6qfwzadf https://www.facebook.com/leo.brito.94