Fotografias ajudando a divulgar ciências e democratizar o acesso às informações e ao conhecimento.

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Bugio ruivo

Classe: Mammalia
Ordem: Primates
Família: Atelidae
Espécie: Alouatta clamitans
Grau de ameaça: Em perigo de extinção
Habitat: Mata Atlântica
Distribuição geográfica: Sua distribuição esta relacionada a Mata Atlântica. Ocorre Sudeste e Sul do Brasil.

A foto registra o projeto O uso de animais silvestres taxidermizados como ferramenta de educação ambiental, coordenado pelo Prof. Dr. Vlamir José Rocha da UFSCar Araras.

Taxidermia é uma técnica utilizada para a conservação de espécimes animais, empregada em coleções biológicas diversas. Os animais utilizados nessa técnica são oriundos, em sua grande maioria, de atropelamentos ou criadouros autorizados por orgãos competentes. O objetivo da taxidermia artística é recriar os animais de forma a retratá-los em seu habitat original, como poderiam ser vistos em vida livre na natureza, e por esse motivo são mais utilizados em ações educativas dentro e fora das escolas.

A foto, de Estéfano Vizconde Veraszto, foi tirada para a Atividade Curricular de Integração Ensino, Pesquisa e Extensão (ACIEPE) intitulada Fotografia e Ciências: introdução às técnicas fotográficas e aplicações na divulgação científica, realizada entre março e junho de 2015, na UFSCar Campus Araras. A atividade contou com o apoio da Pró-Reitoria de Extensão.

Destaque

Lepdoptera

As borboletas pertencem à ordem Lepdoptera que possui cerca de 150.000 espécies, sendo a segunda maior ordem de insetos. Esses insetos p...

Confira os posts mais visitados